Um novo olhar sobre o autismo: semana de conscientização em Santo Ângelo

O Comitê Gestor de Equidade de Gênero, Raça e Diversidade e a Comissão de Cultura do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) convidam
Vamos falar de aceitação





Por Fabiana Gallon, Juíza
do Trabalho



Os filhos são diferentes, todos me diziam. Porém,
sabia, algo estava errado com o José Antônio, nascido em 27.01.2013. Os
pediatras, amigos da família,
Presidente da AMATRA IV participa de evento que debate a Reforma da Previdência

A presidente da AMATRA IV, juíza Carolina Gralha, participou da abertura da 1º Jornada Internacional em Defesa da Previdência Social. O
TJC na cidade de Feliz: AMATRA IV fará novas ações conjuntas em prol da cidadania





A AMATRA IV recebeu representantes do município de Feliz (RS) em sua sede. A reunião ocorreu a partir de convite da Coordenadora do
Minha filhinha autista me ensina, a cada dia, como ser uma pessoa melhor

Por Cleiner Palezi Juiz do Trabalho aposentado







Já no terceiro dia da vidinha dela, algo me dizia que havia coisas fora do lugar; no terceiro
Cada dia é um recomeço

Por Gloria Mariana da Silva Mota Juíza do Trabalho







Meu caçula, Alexandre, era um bebê diferente. Ele não dormia, passava as madrugadas em claro, cochilava um pouquinho de manhã e acordava
Artigo: Sobre meninas e meninos de azul

 
Por Fabiano Holz Beserra, desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS)
Azul é a cor que simboliza o autismo. Quando minha filha, à época com quase

Artigo: Greve ou locaute?

Leia texto de autoria do presidente da AMATRA IV, juiz do Trabalho Rodrigo Trindade de Souza. O artigo foi publicado no jornal Zero Hora, na edição do dia 1º de junho. Greve…

Leia Mais

Minas Gerais recebe o maior evento da Magistratura do Trabalho

Com a presença de mais de 600 participantes, começou oficialmente na noite de 2/5, em Belo Horizonte (MG), a 19º edição do Congresso Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Conamat), com o tema “Horizontes para a Magistratura: Justiça, Trabalho e Previdência”. A solenidade de abertura foi marcada por discursos contundentes em defesa da valorização da carreira e da irrestrita efetivação do Direito do Trabalho. “O tema central e correspondentes subtemas são espinhosos e a discussão e deliberação a respeito representam candente desafio que deve ser enfrentado com coragem por atores sociais destemidos que almejam um Direito do Trabalho socialmente justo, que efetivamente dê concretude aos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa”, enfatizou o presidente da Amatra 3 (MG), Flânio Antônio Campos Vieira, ao saudar os participantes do evento.

Leia Mais

Sede da AMATRA IV foi reinaugurada em grande estilo

O início de mais uma etapa na história da AMATRA IV  foi concretizado na noite de 5 de abril de 2018. Na data, em evento festivo, houve a reinauguração da sede da entidade, momento que reuniu mais de 150 participantes, entre colegas e convidados. A alegria por “abrir as portas” do novo espaço foi mencionada pelo presidente da Associação, juiz Rodrigo Trindade, no pronunciamento de boas-vindas. Em seu discurso, o magistrado fez uma série de agradecimentos: aos funcionários – pela notável capacidade de adaptação às mudanças exigidas pela reforma, à Femargs (Fundação Escola da Magistratura do Trabalho do RS), responsável por acolher a entidade durante a finalização da obra, ao TRT-RS (Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região) – pelo apoio estrutural demonstrado na prática, à Comissão de Obras da AMATRA, e aos componentes da atual Diretoria Executiva. Segundo ele, todos fundamentais para o êxito alcançado. “Temos agora uma das maiores, mais funcionais e bonitas sedes de Amatras do Brasil”, salientou o dirigente. Ao iniciar a solenidade de descerramento da placa de inauguração, Rodrigo Trindade também homenageou os ex-presidentes que estiveram diretamente envolvidos na ampliação da sede: Marcos Fagundes Salomão, Luiz Antonio Colussi, Daniel Nonohay e Rubens Clamer dos Santos Júnior. No término de sua explanação, o presidente da AMATRA mencionou ainda uma pessoa considerada indispensável no decorrer da reforma, o engenheiro Evandro Krebs. “Com generosidade e desprendimento, ele foi essencial na construção desse sonho”. A referência ao profissional consta, inclusive, na placa descerrada na data.

Leia Mais

Ações marcarão o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo

A AMATRA IV apoia essa iniciativa: nesta segunda-feira, 2/4, vista o azul e participe da campanha do TRT-RS A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu, no final de 2007, a data 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo. Anualmente, em diversos países do mundo, várias medidas são promovidas por instituições públicas e privadas com o objetivo de chamar a atenção para o transtorno, que, conforme a ONU, afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. Para marcar a data, a Administração do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) convida magistrados, servidores, terceirizados e estagiários a virem para o trabalho vestidos de azul no dia 2 de abril. Nesse dia, o TRT-RS também iluminará seu prédio-sede (Av. Praia de Belas, 1.100, em Porto Alegre) com a cor azul. Ela é utilizada como símbolo do autismo porque, conforme dados da Associação Americana de Autismo (ASA, sigla em inglês), o transtorno tem prevalência quatro vezes maior em homens que em mulheres. O que é autismoConforme definição da Associação Americana de Autismo, trata-se de um transtorno de desenvolvimento que afeta gravemente os indivíduos durante toda a vida. É um distúrbio neurológico que se manifesta em diversas dimensões da vida, principalmente na dificuldade em interações sociais e na comunicação. Apresenta-se, na maioria dos casos, antes dos três anos de idade. Em todo o mundo são encontradas pessoas com autismo, independentemente de raça, etnia ou condição social.O autismo manifesta-se sob uma gama de sintomas bastante variada, sem que haja padrão de repetição das características de um indivíduo para outro. Por causa dessa variabilidade de sintomas, que vão desde a incapacidade total de comunicação e de interação com outras pessoas até limitações mais leves, que permitem uma vida funcional e produtiva, utiliza-se a figura do espectro, para abarcar todas as intensidades dos sintomas, que podem ou não aparecer em cada indivíduo.

Leia Mais